fbpx

Diferenças entre imobiliária, construtora e incorporadora

Entenda as diferenças entre imobiliária, construtora e incorporadora

No mercado imobiliário, é comum ouvir falar sobre imobiliárias, construtoras e incorporadoras. Embora estejam todas relacionadas ao setor imobiliário, essas três áreas possuem funções e responsabilidades distintas. É importante compreender as diferenças entre esses termos para compreender como cada uma delas trabalha.

A imobiliária atua como intermediária entre compradores e vendedores de imóveis. Seu principal objetivo é realizar a negociação e a administração de imóveis. Para isso, ela oferece serviços como avaliação, locação, compra e venda. A imobiliária auxilia tanto aqueles que desejam comprar ou alugar um imóvel quanto os proprietários que desejam vender ou alugar suas propriedades.

Por outro lado, a construtora é responsável pela execução física das obras. Ela é encarregada de construir os imóveis, seguindo projetos arquitetônicos e respeitando as normas técnicas e de segurança. A construtora desempenha diversas etapas da obra, desde a fundação até as instalações elétricas e hidráulicas. Seu papel é garantir que o projeto seja concretizado de forma segura e eficiente.

A incorporadora, por sua vez, tem como função principal a compra de terrenos, o estudo de viabilidade econômica e o desenvolvimento do projeto imobiliário. Ela é responsável por transformar um terreno em um empreendimento, realizando toda a gestão do projeto. A incorporadora atua desde a concepção do projeto até a entrega das unidades ao mercado. Além disso, ela pode contratar uma construtora para realizar a execução da obra.

Resumindo, a imobiliária é responsável pela intermediação e administração de imóveis, a construtora pela execução das obras e a incorporadora por desenvolver o projeto e viabilizar a construção do empreendimento. Cada uma dessas áreas desempenha um papel específico e contribui para que o processo de compra, venda ou locação de imóveis seja eficiente e seguro.

É importante ressaltar que uma empresa pode atuar em mais de uma dessas áreas. Por exemplo, uma imobiliária pode também realizar a construção de imóveis ou uma incorporadora pode tanto desenvolver o projeto quanto executar a obra. A atuação conjunta dessas áreas pode trazer benefícios e facilidades para os clientes, oferecendo um pacote completo de serviços imobiliários.

No mercado imobiliário, a imobiliária, construtora e incorporadora são fundamentais para o desenvolvimento e sucesso de um empreendimento. Cada uma delas desempenha um papel relevante na área em que atua. Com um conhecimento das diferenças entre esses três termos, é possível ter uma visão mais clara das responsabilidades de cada empresa e escolher aquela que melhor atende às suas necessidades no mercado imobiliário.

Rolar para cima